Inscrições

Olá, estamos reformulando o sistema de inscrições, que logo retornará para melhor atendê-lo, por hora as inscrições devem ser feitas pela própria federação organizadora.
Aniversariantes do mês

04/02
Henry Hardman Henriques Virgolino Filho - PB
06/02
Pedro Veniss - SP
09/02
- PB
16/02
Alberto de Souza - MG
19/02
Gabrielle Caroline de Figueiredo Costa - PB
26/02
Marta Sousa - PE
27/02
Saint-Clair Passarinho - CE
 

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4


Notícias

Daniel Khury vence GP Final do Circuito Indoor AB Concessões e José Reynoso é o campeão 2015
01/12/2015 - CBH

Depois de seis etapas o Circuito Indoor AB Concessões 2015 chegou ao fim neste domingo, 29/11, na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo. Foram 28 os conjuntos concorrendo no GP, a 1.50 metro com armação de Caio Sérgio de Carvalho, dos quais os 12 melhores voltaram para a 2ª e decisiva volta. Sagrou-se campeão o top paranaense Daniel Khury com Wangu Cooper, duplo zero, 42s21, resultado que também lhe garantiu o vice-campeonato na contagem geral do Circuito.

A 2ª colocação no GP foi da amazona Andrea Guzzo Muniz Ferreira com Gucci van´t Meulenhof, duplo zero, 43s79. Enquanto o 3º posto ficou com o cavaleiro da casa Marcos Antonio da Costa Ribeiro Junior com Arica du Caillou, também com duplo zero, em 43s88.

Líder da competição, após a 5ª etapa e um 1º lugar e 12º lugar na última etapa, o paulista José Roberto Reynoso Fernandez Filho, faturou o título de campeão geral com 176 pontos, seguido por Daniel Khury, 165 pontos e o carioca Marcello Ciavaglia, 141,5 pontos. Além da premiação mínima de R$ 50 em cada um dos seis GPs, a premiação final do Circuito Indoor AB Concessões 2015 será de R$120 mil, sendo R$60 mil para o grande campeão que será entregue durante a Festa do Prêmio Hipismo Brasil, promovido pela Confederação Brasileira de Hipismo no primeiro semestre de 2016.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Ruy Fonseca, João Victor Oliva e Pedro Veniss são os vencedores do Prêmio Brasil Olímpico 2015
25/11/2015 - Exame Abril

Quem são os melhores atletas brasileiros de 2015? O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta terça-feira, 24/11, os melhores atletas de 2015 em cada uma das 49 modalidades e os seis atletas mais votados pelo colégio eleitoral do Prêmio Brasil Olímpico 2015 que serão homenageados durante o Prêmio Brasil Olímpico que acontece dia 15 de dezembro de 2015, no Teatro Bradesco, no Village Mall, no Rio. O evento também fará uma homenagem especial aos medalhistas brasileiros nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, realizados em julho.

No hipismo os eleitos são: João Victor Macari Oliva no Adestramento, Ruy Fonseca no Concurso Completo de Equitação e Pedro Veniss no Salto. João, 19, foi o mais jovem integrante do time medalha de bronze de Adestramento no Pan 2015. Ruy, 42, integrou a equipe medalha de prata e ainda faturou bronze individual no Pan 2015. Já Pedro, 32, integrou o Time Brasil quarto colocado no Pan e foi o melhor individual na 5ª colocação. Pedro venceu pela primeira vez, João pela segunda vez consecutiva 2015/2014 e Ruy recebe prêmio pela terceira vez 2015/2012/2010.

O seis atletas mais votados pelo colégio eleitoral do Prêmio Brasil Olímpico 2015 são Ágatha e Bárbara (vôlei de praia), Ana Marcela Cunha (maratona aquática) e Fabiana Murer (atletismo), no feminino; e Alison e Bruno (vôlei de praia), Isaquias Queiroz (canoagem) e Marcelo Melo (tênis), no masculino. Os vencedores do troféu de Melhor Atleta do Ano serão anunciados durante a cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico, no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro, no dia 15 de dezembro. Em 2014, os eleitos foram Arthur Zanetti (ginástica artística) e a dupla Martine Grael e Kahena Kunze (vela).

A escolha dos melhores em cada modalidade, assim como a definição dos dois atletas (ou duplas) que receberão o Troféu Melhor Atleta do Ano, foi realizada por um júri composto por jornalistas, dirigentes, ex-atletas e personalidades do esporte.

Oscar do esporte brasileiro, o Prêmio Brasil Olímpico 2015 chega à sua 17ª edição prestando homenagens ainda em outras categorias: Melhor Técnico Individual e Coletivo: Troféu Adhemar Ferreira da Silva; Melhores Atletas nos Jogos Escolares da Juventude, entre outras premiações.

Os vencedores do hipismo ao longo das 17 edições

2015
Salto Pedro Veniss
CCE Ruy Leme da Fonseca
Adestramento João Victor Oliva

2014
Salto Doda Miranda
CCE Marcio Jorge
Adestramento João Victor Oliva


2013
Salto Doda Miranda
CCE Marcelo Tosi
Adestramento Luiza Almeida


2012
Salto Doda Miranda
CCE Ruy Leme da Fonseca
Adestramento Luiza Almeida

2011

Salto Bernardo Resende Alves
CCE Serguei (Guega) Fofanoff
Adestramento Luiza Tavares de Almeida

2010

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Ruy Leme da Fonseca
Adestramento Luiza Tavares de Almeida


2009

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Serguei (Guega) Fonanoff
Adestramento Luiza Tavares de Almeida

2008

Salto Camila Mazza de Benedicto
CCE André Paro
Adestramento Rogério Silva Clementino

2007

Salto César Almeida
CCE André Paro
Adestramento Renata Rabello


2006

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Fabrício Reis Salgado
Adestramento Pia Aragão

2005

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Raul Bernardo Nelson de Senna Neto
Adestramento Pia Aragão

2004

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Raul Bernardo Nelson de Senna Neto
Adestramento Pia Aragão

2003

Salto Doda Miranda
CCE Raul Bernardo Nelson de Senna Neto
Adestramento Pia Aragão

2002

Salto Karina Johannpeter
CCE Vicente Araújo
Adestramento Isabela Renaut Travassos


2001

Salto Bernardo Rezende Alves
CCE Marcelo Tosi
Adestramento Micheline Schulze


2000

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Vicente Araújo Neto
Adestramento Jorge Ferreira da Rocha

1999

Salto Rodrigo Pessoa
CCE Artemus de Almeida
Adestramento Micheline Schulze


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Dobradinha da casa com Rodrigo Lima e Fabio Leivas no Clássico nos 77 anos da Hípica Brasileira
17/11/2015 - CBH

Rápido, limpo e eficiente. Ninguém chegou perto da ótima pista de desempate do carioca Rodrigo Lima que levou Chimbote LS , sem faltas em 35s19s, à vitória do Clássico / GP de Aniversário da SHB, neste domingo, 15/11.

Rodrigo Lima e Chimbote LS saltam para vitória em casa nos 77 anos da Sociedade Hípica Brasileira; img: Beatriz Cunha

Treze combinações terminaram a primeira volta do percurso de 1.45m assinado por Helio Pessoa sem faltas. Mas no traçado reduzido, contra o relógio, o conjunto carioca reinou absoluto. Aliás dois. Porque o segundo posto da prova mais importante do evento também coube a outro representante da Hípica do Rio, Fabio Leivas com seu Allegro, sem faltas, e no tempo de 36.03s. Com este resultado, Lima ainda dispara na liderança do Ranking da SHB pois a prova de hoje valia como mais uma etapa. Leivas também ganha pontos importantes.

Fabio Leivas em salto perfeito com Allegro; img: Beatriz Cunha

O terceiro lugar do GP ficou com o paulista Leandro Serrano Giunchetti e Tigger Van de Held que também terminou sem faltas a segunda volta. Todos os demais concorrentes do desempate cometeram faltas.

“Estou muito contente com o resultado e de como o meu cavalo saltou bem e está voltando a forma”, disse Rodrigo. O cavaleiro também lembrou a importância de vencer os melhores conjuntos do Brasil. “Este GP de aniversário tem um peso ainda maior pois é aniversário do nosso clube, revigorado e realizando um concurso bonito desse”, elogiou.

A última etapa do Ranking da SHB acontece de 27 a 29 de novembro e todas as provas tem bonificação de 50%.

Resultados completos no site www.shb.com.br

Clássico /GP de Aniversário da SHB:

Campeão Rodrigo Lima / Chimbote LS - FEERj -0/0/35s19
vice Fabio Leivas / Allegro - FEERJ - 0/0/36s03
3º Leandro Serrano Guinchetti / Tigger Van de Held - FPH – 0/0/39s60
4º João Eduardo Ferreira de Carvalho/Ragtime Equiprime - FEERJ - 0/4/34s23
5º Andre Americo de Miranda / Shalimar - FPH - 0/4/35s55
6º José Roberto Reynoso Fernandez / Maestro ST Lois Sanol Dog Protecnica - FPH – 0/4/35s73


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Égua Cadjanine Z volta para a sela do campeão olímpico Rodrigo Pessoa
10/11/2015 - CBH

Após um ano e meio separados, a égua Cadjanine Z está de volta para a sela de Rodrigo Pessoa, campeão olímpico 2004. A égua de 13 anos, filha de Canabis Z x Feinschnitt Z, havia sido transferida para as cocheiras do cavaleiro belga Constant van Paesschen no início de 2014. Nesse meio tempo também competiu com Amre Hamcho e Elodie Laborde. Depois ela foi a um leilão no início de outubro e como Cadjanine Z não chegou ao valor esperado não foi vendida.

Rodrigo e Cadjanine Z na vitória na Copa das Nações em Arezzo Photo: Stefano Secchi/FEI

Agora o cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa, em entrevista ao portal World of Showjumping, confirmou que volta a montar Cadjainine Z. “O proprietário me perguntou se a queria de volta e eu aceitei. Agora vou levá-la para a Florida, onde vamos começar a competir em janeiro. Não vou pressioná-la, pois ela passou por muita coisa e vamos ver como as coisas vão se sair no trabalho e o que restou dentro dela", disse Rodrigo, que nos Jogos Rio 2016 deve disputar sua 7ª Olimpíada.

Conduzida por Rodrigo, Cadjanine Z fez sucesso: em março de 2014 venceu a Copa das Nações em Wellington e também integrou as equipes campeãs do Brasil em Arezzo e Barcelona.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Mirins, Pré-juniores e Pré-mirins garantem ótima estreia no Americano 2015
05/11/2015 - CBH

A quinta-feira, 4/11, foi dia de decisão por equipes no Sul Americano de Young Riders com ouro e prata para os Times Brasil. A disputa da nata jovem do hipismo acontece no Haras El Capricho, a 100 km de Buenos Aires, e também teve as primeiras qualificativas individuais das categorias do Americano Pré-junior (14 a 16 anos a 1.30 metro), Mirim (12 a 14 anos - 1.20 metro) e série Extra Pré-mirim (12 a 14 anos - 1.10 metro).

O Brasil foi muito bem em todas as séries. Na categoria Pré-junior o 2º, 3º e 4º posto coube, respectivamente, a Siew Chiang / Asterix TW, Gabrielle Fontoura Berger / Quite Capitano e Pedro Egoroff / Bo, todos sem faltas.

Na série Mirim, mais um ótimo resultado para a nata jovem do hipismo brasileiro com três entre os seis primeiros: Laura Tigre / Cher da Boa Vista, em 3º, Felipe Pereira Teixeira / Sophia Topocart, 5º e Helena Egoroff / Indira Rec, 6ª.

Na categoria Pré-mirim, o melhor resultado ficou por conta de Renne Mendes / Sl Lapidado, Kate de Wind / Winner e Carolina Chade / Corbella JMen, todos com apenas um ponto por excesso de tempo nessa primeira parcial.

Nessa quinta-feira, 5/11, acontecem as finais por equipes Pré-junior e Junior. Veja a seguir o placar com os primeiros colocados e desempenho dos brasileiros.


Pré-junior- 44 concorrentes

1º Gabriela Rodriguez / Creamy Z - ECU - 0/68s96
2º Siew Chiang / Asterix TW - Brasil - 0/70s47
3º Gabrielle Fontoura Berger / Quite Capitano - BRA - 0/72s45
4º Pedro Egoroff / Bo - BRA - 0/73s77
5º Carmen Novion / JL Jager Boy - Chile - 0/74s38
6º Candela Oyarzbai / Chiquita Z - Argentina - 0/74s61

8º Marcelo Gozzi / Radam VDL - Brasil - 0/75s16
10º Laura Ramos Rait / MD Quastor JMen - Brasil - 4/7143
11º Alexia Ramos da Silva / Gordon C - 0/76s62*
12º Filipe Risi / Vancouver de la Vaux - 4/72s64
13º Felipe de Lorenzo / Atil van Steenputje - Brasil - 4/76s64
42º E Paulo Miranda / Chaleston JMen - Brasil - elm


Mirim - 35 concorrentes

1º Ignacio Barreiro / Tlaloca Z - Equador - 0/76s67
2º Marissa Thompson / Malarcara Galielo - Equador - 0/72s67
3º Laura Tigre / Cher da Boa Vista - Brasil - 0/73s39
4º Lautaro Bruno / Tres Marias Dominique - Chile - 0/74s94
5º Felipe Pereira Teixeira / Sophia Topocart - Brasil - 0/75s31
6º Helena Egoroff / Indira Rec - Brasil 0/75s82

8º Raphael Halaban / Dito van de Rispen - Brasil - 0/ 78s43
16º Lys Katherine Kang / Capuava JMen - Brasil - 4/72s18
23º Thales Marino / Coudeur JMen - Brasil - 8/66s99
25º Otaviano Vilaça / Qualdino Infant - Brasil - 8/78s56
27º Henrique de Lorenzo / Valentino - Brasil - 9/87s88
29º Lucas Polonio / Trouble Maker - Brasil - 12/79s58
32º E Carlos Eduardo Assumpção / Cantilio Jmen - Brasil - elm

Pré-mirim - 49 concorrentes

1º Gonzalo Gattoni / Carlina Z - Argentina - 0/76s15
2º Lucila Attie / Being Freak - Argentina - 0/80s50
3º Pilar Aglioso / J C Burbuja - Argentina - 0/80s70

13º Renne Mendes / Sl Lapidado - Brasil - 1/93s56
15º Kate de Wind / Winner - Brasil - 1/94s15
16º Carolina Chade / Corbella JMen - Brasil - 1/95s36
25º Philip Greenlees / Eros B - Brasil - 4/84s31
30º João Victor Custodio / Afrodite Método - Brasil - 4/87s54
43º Maria Luiza Vieira / Wonder Z - Brasil - 9/110s59
44º João Manuel Gentile / Bambina - Brasil - 10/99s69

Veja a agenda completa (conforme programa FEI)

3ª feira, 3/11, adaptação Pré-junior, e 1ª qualificativa das categorias Junior e Young Riders
4ª feira, 4/11, 1ª qualificativa Pré-junior, Mirim e Final Equipes Young Riders
5ª feira, 5/11, Final por equipes Pré-junior e Junior
6ª feira, 6/11. Final por equipes Mirim e Consolação Pré-junior e Junior
Sábado, 7/11, Final individual Pré-junior e Young Rider e Consolação Mirim
Domingo, 8/11, Final individual Mirim e Junior


Currículo nota 10

Em 2014, no Campeonato Americano e Sul-Americano da Juventude no Chile, equipes jovens do Brasil foram ouro nas quatro categorias e todas as oito subiram ao pódio. No individual, o Brasil foi ouro, prata e bronze na categoria Junior levou prata e bronze no Sul-Americano Young Riders, e novamente ouro, prata e bronze nas categorias Mirim e Pré-junior.

Em 2013, o Brasil deu um show no Campeonato Americano e Sul-Americano da Juventude, na Argentina. Por equipes, foram quatro medalhas de ouro, Mirim, Pré-Junior, Júnior e Young Riders, e três de prata, Mirim, Junior e Young Rider.Na disputa individual mais quatro ouros e outras medalhas.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Outras Notícias
federações FILIADAS

nossos PARCEIROS


mídias SOCIAIS




nosso ENDEREÇO

Circuito N-NE de Hipismo
Fone.:(81)3343-5970/(81)3343-4837 | hipismo@hipismonortenordeste.com.br

Av. Bernardo Vieira de Melo, 428 - Sala 204
Piedade - Jaboatão dos Guararapes - Recife-PE | CEP: 54.440-620